Confira as tendências da moda baby 2019

Confira as tendências da moda baby 2019

Assim como no mundo dos adultos, as roupas de bebê também passam por várias tendências. Conhecê-las é um jeito de comprar as melhores peças e manter o seu pequeno dentro do que está em alta. Então, é hora de explorar a moda baby 2019.

Com diferentes modelagens, estampas e cores, é possível escolher algo perfeito para o seu cotidiano e até para o que fica melhor no pequeno. Não faltam opções, então vale se manter por dentro do que faz mais sucesso.

A seguir, confira 4 tendências da moda baby 2019 e saiba como comprar as peças ideais!

Os materiais naturais ganham destaque

Antes mesmo de pensar nos modelos ou nas nuances, vale ficar de olho em um item-chave: o tecido. Para as roupas dos pequenos, as propostas naturais estão com tudo, justamente por causa do conforto.

Saídas de maternidade de tricô, por exemplo, destacam-se por serem quentinhas e ainda trazerem esse aspecto artesanal. Peças bordadas, bodies de algodão e conjuntos de malha também aparecem com essa alternativa.

Isso permite que a pele respire melhor e faz com que os pequenos fiquem estilosos. Além de tudo, são mais fáceis de limpar.

Os tons pastel surgem com muita frequência

Na moda baby 2019, uma escolha tem recebido bastante atenção: o uso de peças em tons pasteis. O rosa, o azul, o vermelho e o amarelo, bem como outras cores vibrantes, permanecem com seus lugares cativos no guarda-roupa.

No entanto, o que está em alta para o ano é a utilização de itens com tons pastel e com um ar lúdico. A mistura dessas nuances cria propostas divertidas, equilibradas e que são capazes de deixar qualquer produção mais bonita.

Entre os tons, lilás, azul bebê, rosa bebê e verde menta são os que aparecem com maior frequência. Combinados de forma única, garantem um resultado interessante.

As estampas estão com tudo na moda baby 2019

Outro grande destaque para as essas roupas em miniatura é a presença de estampas. Nos mais variados estilos, não faltam peças com desenhos que dão um toque muito especial.

O melhor é que é possível ir além dos tradicionais personagens e desenhos. Há, por exemplo, camisas totalmente estampadas com temas como fundo do mar ou sistema solar. Também há opções com flores, frutas e elementos abstratos. Não menos importante, listras com diferentes propostas ganham cada vez mais força nas estações.

As mochilas de bichinho estão em alta

Além das peças tradicionais, não dá para desconsiderar os acessórios, como as bolsas. Elas ajudam a compor o look dos pequenos e dão um toque especial mesmo na hora de carregar fraldas ou mudas extras de roupas.

Entre os destaques da moda baby 2019, surgem as mochilas de bichinhos. Versões de girafa, unicórnio, borboleta e joaninha são apenas algumas alternativas. Assim, dá para combinar com vários estilos!

Como vimos, as tendências da moda baby incluem desde cores e padronagens até tecidos e acessórios. Se seu filho já tiver idade suficiente, deixe ele escolher algumas das peças, isso estimulará a criatividade do seu pequeno. Lembre-se de comprar peças de qualidade, assim é possível aproveitar essas sugestões e deixar o seu pequeno sempre estiloso!

Já escolheu suas tendências preferidas? Aproveite para conferir o site da nossa loja, lá você encontra tudo o que há de mais atual para o seu filho!

4 modelos de roupas de verão para bebê

4 modelos de roupas de verão para bebê

A época mais quente do ano exige um cuidado especial ao vestir os pequenos. É essencial que as peças sejam leves, permitam que a pele respire e garantam conforto. Por isso, nada melhor que conhecer as roupas de verão para bebê.

Elas são feitas com tecidos e em modelos diferentes para obter mais bem-estar — mesmo nas altas temperaturas. Ao identificar quais são as peças ideais, fica mais fácil fazer as melhores compras.

A seguir, veja 4 modelos de roupas de verão para bebê e saiba o que merece a sua atenção.

1. O body certo ajuda a deixar o pequeno confortável

Principalmente para crianças menores e situações casuais, o body é uma excelente pedida para encarar o calor. Há versões fresquinhas para essa época do ano, então não é preciso se preocupar.

Além dos simples e sem mangas, há alternativas que podem ser combinadas com shorts e que até aparecem na forma de vestido. De tecido mais fino, garantem que o corpo transpire sem dificuldades.

Eles também são práticos de trocar e podem ser substituídos facilmente em caso de suor excessivo. Assim, o pequeno se mantém sempre protegido.

2. O vestido de alças é um modelo clássico e confortável

Já o vestido é uma peça única e que aparece como uma ótima opção de roupas de verão para bebê. Em vez de várias camadas, o melhor é apostar em uma escolha própria para essa estação. Assim seu bebê vai ficar mais fresquinho.

As alternativas levinhas e naturais fazem com que o corpo se mantenha arejado e garante mais bem-estar no período. Além disso, há opções arrumadas para festas e outras ocasiões — sem que isso signifique passar calor ou ficar desconfortável.

3. O macacão infantil aparece entre as roupas de verão para bebê

Prático e ideal para os pequenos que se mexem bastante, o macacão é uma peça única que funciona muito bem durante todo o verão. Inclusive, ele é versátil e chega até o inverno, já que, mais tarde, pode ser combinado com camisas de manga.

Uma jardineira, por exemplo, traz alcinhas leves e espaço arejado, enquanto uma opção no estilo de vestido une visual e facilidade de uso. O macaquinho de alças finas é outra escolha e ajuda a aplacar qualquer desconforto por conta do calor.

4. Os conjuntinhos leves merecem destaque

Além de tudo, vale pensar nos conjuntinhos como modelos de roupas de verão para bebê. Essas peças aparecem em versões longas no inverno, mas também surgem com um toque fresco para dias quentes.

A combinação de camiseta com saia ou short, por exemplo, garante autonomia de movimentos e sensação melhor. Ainda dá para apostar na dupla de vestido com calcinha e até em pijaminhas leves. Assim, fica fácil manter o bem-estar tanto de dia quanto à noite.

Como você já percebeu, as roupas de verão para bebê ideais trazem tecidos leves, cortes práticos e facilidade de respiração da pele. Desse jeito, garantem conforto e evitam que a temperatura suba demais. Lembre-se de manter o seu bebê bem hidratado e fresquinho!

O que achou dessas opções? No site da Très Bébé tem muitas outras opções de roupas incríveis para o seu filho, compre agora!

 

Como escolher o tamanho da roupa de bebê?

Como escolher o tamanho da roupa de bebê?

Na hora de comprar uma roupa de bebê, é importante ficar de olho em alguns aspectos. Além da estética, é preciso pensar em algumas questões, como o tecido e o tamanho. Acertar nesse último quesito, inclusive, é fundamental para o bem-estar do pequeno.

Uma roupa pequena causa incômodos, mas uma muito grande também não fica adequada. Ao mesmo tempo, é bastante comum a dúvida sobre como acertar no tamanho.

Na sequência, veja dicas imperdíveis para selecionar a roupa de bebê sem nenhuma falha!

Considere a idade para fazer a escolha

O primeiro ponto para adquirir corretamente é pensar na idade do bebê. Os recém-nascidos, normalmente, usam peças RN — mesmo que por pouco tempo.

Já para crianças de 1 a 3 meses, o ideal é o tamanho P. O M é indicado para os de 3 a 6 meses, enquanto a peça G vai de 6 a 9 meses. O GG serve para pimpolhos de 9 a 12 meses. A partir dessa fase, a numeração muda para a idade em anos.

Então, ter em mente essas equivalências é essencial para acertar no tamanho da roupa de bebê.

Avalie o peso e o comprimento para a roupa de bebê

Embora a idade seja um fator para a escolha, ela não é o único elemento a ser considerado. É preciso pensar nas características físicas da criança, como comprimento e peso.

Bebês menores, por exemplo, têm que recorrer a tamanhos menores. Já um recém-nascido mais pesado, normalmente, já nasce usando o P. Para não ter dúvidas, veja quais são as indicações:

  • RN: de 2,3 a 3,6KG e até 55 cm de altura;
  • P: de 3,6 a 5,7 kg e de 55 a 61 cm;
  • M: de 5,7 a 7,5kg e de 61 a 67 cm;
  • G: de 7,5 kg a 9,3 kg e de 67 a 72 cm;
  • GG: de 9,3 a 11,1 kg a e de 72 a 78 cm.

Considere a fase do pequeno

Dependendo da fase do bebê, é frequente que ele passe por um processo muito rápido de crescimento. Aos 2 meses, por exemplo, ele está prestes a deixar de ser um recém-nascido. Com isso, é comum que ocorram saltos de desenvolvimento — e perdas de roupa.

Ao adquirir peças em fases como essa, o melhor é optar por itens um pouco maiores. Desse jeito, dá para prolongar o uso das peças.

Verifique as indicações da marca

Para facilitar o cotidiano e ter ótimas escolhas, uma possibilidade é comprar roupas de bebê online. Com essa decisão, você estará a apenas alguns cliques de adquirir novas roupas para o pequeno.

Nesse caso, é essencial ficar atento ao que informa a marca. Preste atenção às indicações de tamanho e às medidas de cada peça. Ao levar isso em consideração, é fácil selecionar os itens que ficarão perfeitos no pequeno.

Acertar no tamanho da roupa de bebê é fundamental para garantir conforto e um bom investimento. Com essas dicas, você vai conseguir escolher as peças certas até mesmo à distância!

Para adquirir peças que são um encanto, conheça os produtos da Très Bébé!

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.